sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Roberto Carlos é vítima de fraudes na internet

Roberto Carlos é vítima de fraudes na internet

A DC Set, produtora do cantor Roberto Carlos, publicou um comunicado ontem em que aponta supostas fraudes cometidas pela empresa Mágica Eventos contra o público do cantor.

De acordo com a nota, o departamento jurídico do produtora decidiu denunciar criminalmente à polícia a empresa depois de ter sido informado que ela comercializa ingressos na internet para apresentações do músico, mas não os entrega.
“Também há relatos de pessoas que foram lesadas na turnê que passou pelo ginásio do Ibirapuera em dezembro do ano passado. Segundo as pessoas, elas compravam no site, recebiam um e-mail dizendo para que elas se dirigissem à bilheteria do local do show para retirar o ingresso, mas eram enganadas”, diz Dody Sirena, empresário de Roberto Carlos.
“Procuramos a delegacia de crimes digitais e eles nos disseram que não podemos fazer a denúncia criminal porque nós não fomos lesados diretamente em termos financeiros, o público, sim, foi lesado e deveria denunciar. Nós teremos de entrar com uma petição para a instauração de um inquérito criminal”, disse Fernanda Gutheil, advogada da DC Set. Segundo ela, a produtora tentou contato com a empresa que vendia os ingressos, mas não foi atendida.
Segundo ele, a produtora tomou conhecimento do caso nesta terça. O principal indicador da fraude foi a oferta de ingressos para a apresentação de gala que Roberto Carlos fará em Porto Alegre em 19 de abril, dia de seu aniversário. O ingresso para o show, com capacidade para apenas 500 casais, custa oficialmente R$ 1.200, o Mágica Eventos vendia por R$ 600, o que levou à produtora do cantor a desconfiar.
“Nós também descobrimos que eles vendem ingressos para a Copa do Mundo. Comunicamos à Fifa, que disse que vai tomar as medidas cabíveis. Os titulares da empresa estão escondidos”, disse o empresário.
com Jornal Correio